top of page
whatsapp-logo-icone.png

publicidade

Mais que mamilos: redes sociais censuram o poder feminino

Instagram da fotógrafa que fazia homens de “brinquedo”, foi bloqueado sem infringir nenhuma regra da rede social.

Lud Lower interage com modelo no projeto My Boy Toys

No início de maio a fotógrafa Lud Lower foi surpreendida, era a mais nova vítima dessa ronda ostensiva contra a expressão da mulher, porém, ao contrário do que geralmente acontece, o Instagram não bloqueou a página dela por conta de alguma exposição sexual ou nudez indevida, ou qualquer outro motivo que infrinja as regras da rede social, como os polêmicos "mamilos femininos". Muito pelo contrário...


A artistas teve a página de um de seus projetos mais populares bloqueada, mas o curioso nesse caso é que os mamilos, eventualmente, exibidos são masculinos. E antes que se fale em “machismo reverso”, a página “@MyBoyToys” não exibe os mamilos masculinos para exaltar as formas perfeitas do corpo de um homem, mas é uma página que, para além disso, brinca com a fantasia de muitas pessoas, homens e mulheres que gostam de fantasiar o domínio sobre homens.

Lud Lower interage com modelo no projeto My Boy Toys