whatsapp-logo-icone.png

publicidade

LISTA: 5 filmes sobre distopias futurísticas

Guerras, desastres, mutações, escassez de recursos e todas as piores possibilidades para o futuro da humanidade, viram matéria prima valiosa para o cinema.

Mad Max (George Miller, 1979) | Em cena: Max Rockatansky (Mel Gibson)

No oposto absoluto da utopia, ou seja, do futuro perfeito, das idealizações de todas as coisas, está a distopia. Um gênero de texto e filmes que prevê que tudo que pode dar errado dará.


Dentre os acertos e exageros do cinema, quando um bom diretor se debruça sobre uma possibilidade de tragédia, acredite, a coisa fica boa. Sem mais delongas, vamos à lista de cinco das melhores distopias futurísticas que a 7ª arte já nos ofereceu...


5. Lucy (Luc Besson, 2014)

Lucy (Luc Besson, 2014) | Em cena: Lucy (Scarlett Johansson)

Scarlett Johansson é uma musa dos filmes de ação, a gente já sabe disso, desde Os Vingadores até Lucy, esse combo de ação e distopia futurística.


Lucy é escolhida para transportar drogas dentro do estômago, claro que isso não dá muito certo, até que a embalagem se rompe e ela absorve as drogas, quando isso acontece Lucy cria uma capacidade sobre-humana.


Onde assistir: Netflix


4. Mad Max (George Miller, 1979)

Mad Max (George Miller, 1979) | Em cena: Max Rockatansky (Mel Gibson)

O futuro é uma desgraça e a franquia Mad Max está aí para te convencer disso. Muito antes do sucesso e dos 6 prêmios da Academia para Mad Max: Estrada da Fúria (2015), o diretor George Miller já tinha feito sua obra-prima, sem todos aqueles efeitos visuais e toda a tecnologia.


Nos anos 70, o primeiro filme da franquia contava a história de Max Rockatansky, no meio do deserto Australiano, onde recursos de óleo foram esgotados e o mundo está mergulhado em guerra, fome e caos financeiro.


Onde assistir: HBO Max


3. Blade Runner – O Caçador de Androides (Ridley Scott, 1982)

Blade Runner – O Caçador de Androides (Ridley Scott, 1982) | Em cena: Rick Deckard (Harrison Ford)

O filme se passa na Los Angeles de 2019, o detetive Rick Deckard (Harrison Ford) aceita a missão de eliminar um grupo de 'replicantes', autômatos orgânicos que escaparam de serem desativados.


O longa foi rodado em 1982 e baseado em um conto de Philip K. Dick de 1968, que mostra um futuro distópico, um século XXI com muita tecnologia, porém sem esperanças de um mundo melhor, é um dos melhores filmes do diretor, que na época de seu lançamento foi um fracasso de bilheteria, mas que logo se tornou um clássico.


Onde assistir: HBO Max


2. Filhos da Esperança (Afonso Cuarón, 2006)

Filhos da Esperança (Afonso Cuarón, 2006) | Em cena: THeo Faron (Clive Owen) e Kee (Clare-Hope Ashitey)

O futuro chegou, a humanidade está estéril e o cidadão mais jovem do mundo acaba de morrer aos 18 anos, quando surge uma mulher em adiantada gravidez que precisa ser protegida em nome da sobrevivência da espécie humana.


A sociedade está dividida entre os que querem um futuro melhor e os que preferem... um grande filme, talvez o melhor do diretor, mostrando um futuro com pouca esperança para humanidade.


Onde assisitir: Claro Now


1. Laranja Mecânica (Stanley Kubrick, 1972)

Laranja Mecânica (Stanley Kubrick, 1972) | Em cena: Alex DeLarge (Malcolm McDowell)

O filme mais popular do maior diretor que esse planeta já teve, talvez seja, Laranja Mecânica.


Um clássico absoluto! Se você leitor ainda não assistiu, alguma coisa de muito errado tem com você, mas vamos lá, descrito no romance de Anthony Burgess como pré-distópico, o filme é, como toda distopia, uma visão pessimista do futuro, onde a mudança comportamental de jovens ameaça a sociedade, a despeito do forte controle do governo totalitário.


O filme é gigantesco e mesmo 40 anos depois do seu lançamento, ele continua mais atual do que nunca.


Onde assistir: HBO Max