whatsapp-logo-icone.png

publicidade

LISTA: 5 melhores séries e minisséries de 2021

O melhor das séries e minisséries, aproveite as férias de fim de ano e assista essas maravilhas, quase obras de arte.

Succession (3ª temporada, 2021) | Em cena: Logan Roy (Brian Cox) e Shiv Roy (Sarah Snook)

O mundo das séries oferece um cardápio variado pra todos os gostos, vocês com certeza gostam de algumas das séries mencionadas na lista de piores do ano e não gosta de alguma das séries que vai encontrar logo adiante, nós entendemos, existem os fatores como apelo, idade, audiência, premiações e tantos outros, fato é que o mundo das séries já não pode ser considerado mero entretenimento, mas também, ainda não podemos o chamar de arte, mas estamos quase lá, isso é claro, falando de séries, de programas com uma produção apurada, bem roteirizados, atuada, dirigida e produzida, até porque é incontável o número de coisas ruins na televisão e talvez, esse seja um dos motivos de muita gente torcer o pescoço para as séries, por isso, se você é da turma que pensa que séries são perda de tempo, que o cinema é muito melhor que a televisão, que isso e que aquilo, lhes aconselho fortemente que tire um tempo e assista as séries a seguir, não tenho a menor sombra de dúvidas que você vai mudar de ideia, já você que, assim como eu, é amante das séries, deixem nos comentários quais as favoritas de vocês, agora, sem mais delongas, segue a lista:


5. The Handmaid’s Tale (4ª temporada, 2021)

The Handmaid’s Tale (4ª temporada, 2021) Em Cena: June (Eleisabeth Moss)

O que muitos de nós esperávamos aconteceu, ou melhor, começou a acontecer. June (Eleisabeth Moss) ainda tem um longo percurso até que sua "vingança" seja concluída, mas a quarta temporada deu umas passadas bem longas e rendeu alguns dos melhores momentos da série. Moss não só brilhou em frente às câmeras, como dirigiu os dois melhores episódios e a cena final foi o ápice, bela temporada.


Onde assistir: Globo Play


4. Mare of Easttown (minissérie, 2021)

Mare of Easttown (minissérie, 2021) | Em cena. Mare Sheeran (Kate Winslet)

O draminha de uma cidadezinha, onde todo mundo acha que se conhece e um assassinato abala a comunidade, já é conhecido do público, uma reviravolta aqui, outra ali, com uma policial marrenta, tudo muito clichê, né? Pois é, parece, mas não é o caso aqui. Kate Winslet, o mundo é seu minha filha.


Onde assistir: HBO Max


3. Impeachment: American Crime Story (minissérie, 2021)

American Crime Story: Impeachment (minissérie, 2021) | Em cena: Marcia Clark (Sarah Paulson)

O que mais me impressiona é que, quando não tem as mãos de Ryan Murphy envolvido na direção/roteiro, a coisa simplesmente funciona, a história do escândalo sexual envolvendo Bill Clinton, o seu Impeachment e tantos outros casos no decorrer do seu governo fluem com tanta naturalidade que acabamos travados por conta dos inúmeros absurdos, mas nada disso se compara a atuação monstruosa de Sarah Paulson que, mais uma vez, escolheu a personagem mais grotesca possível para interpretar, funcionou, é impossível terminar qualquer episódio sem sentir absolutamente nada por ela, repulsa é a palavra, uma das melhores produções do ano.


Onde assistir:


2. The White Lotus (1ª temporada, 2021)

The White Lotus (1ª temporada, 2021) | Belinda (Natasha Rothwell) e Shane Patton (Jake Çacy)

O hotel White Lotus abriga uma série de personagens em seu retiro mental, mais conhecido como férias, esses personagens são todos brancos e ricos, repleto de manias e chiliques dos mais idiotas possíveis, o curador da ideia Mike White usa tudo isso ao seu favor e o resultado é uma das melhores e mais engraçadas séries dos últimos anos, é bizarro como o ser humano pode ser idiota e inconveniente, tudo isso com episódios incrivelmente bem dirigidos e fotografados. O elenco nem parece desse mundo tamanha é a sintonia do absurdo.


Onde assistir: HBO Max


1. Succession (3ª temporada, 2021)

Succession (3ª temporada, 2021) | Em cena: Kendall Roy (Jeremy Strong), Roman Roy (Kieran Culkin) e Logan Roy (Brian Cox)

O gancho deixado no final da segunda temporada deixou muita gente aflita, se perguntando, e agora, como o patriarca da família Roy iria lidar com o caos que seu filho Kendall jogou em suas mãos, o terceiro ano da série mostra a tentativa do clã de consertar essa cag*da, e eles fazem o inimaginável para que seu império continue firme e forte, até o golpe, o soco na mente que foi o episódio final – Succession é tranquilamente a melhor série da atualidade.

Continua com diálogos afiados e ágeis, o elenco é um espetáculo por si só, cada um deles tem seu momento de mostrar porque está ali, Brian Cox e Jeremy Strong chegam assustar, Kieran Culkin continua perfeito como o caçula sarcástico e Sarah Snook terminou com a bomba nas mãos. É meus amigos, é de uma obra-prima que estamos falando.


Onde assistir: HBO Max


publicidade