top of page
whatsapp-logo-icone.png

publicidade

Brasil: A verdade após o derrame criminoso de fake news

Nunca o país esteve tão ansioso por eleitores focados na coerência

No início dos anos 1990, brasileiros de diversas vertentes políticas se uniam em torno do movimento "FORA COLLOR", composto pelos estudantes, Caras Pintadas, mas também por organizações sociais de todas as naturezas.| Foto: Delfim Martins, 1992

Afinal, para onde caminhamos?


Com uma pequena volta no tempo, especificamente na candidatura de Fernando Collor de Melo à presidência da república no final dos anos 80, observa-se claramente, que toda retórica utilizada por aquele candidato voltou a ser aplicada, desta feita por aquele que hoje assume o posto de presidente da república. Uma nação verde e amarela, com propósitos cristãos, reconhecimento ao sofrimento do povo e empenho pela justiça social.


Diante de uma análise menos rasa, fica evidente que palavras, tons, cenas e posturas de conquista eleitoral não se alteraram, por razões bastante óbvias. A população não pode ascender socialmente, com direitos e projeção do país perante o cenário internacional.


Permitir que essas conquistas se concretizem fariam com que os melhores pensamentos, anseios e expectativas com relação ao futuro de cada cidadão fossem se consolidando e, na visão política do retrocesso, seria uma afronta aos interesses corriqueiros de pessoas que deveriam, após eleitas, lutar e trabalhar por um Brasil melhor. Assim, cria-se a retórica da ilusão e conquista para na prática, ser aplicada de forma inversa.


Tempos atrás, entre Collor e Bolsonaro, o destaque e a evidência internacional do país ganhavam luz e projeção. Com um discurso coerente e verdadeiro, surge um presidente à altura das necessidades do país. Lula subiu a rampa. Uma economia que se agigantava elevando o Brasil à sexta potência global, com incentivo à educação, geração de empregos, apoio ao cidadão de baixa renda e, também de forma inédita, voos lotados com preços mais justos. Tudo diante de uma inflação sob controle.