top of page
whatsapp-logo-icone.png

publicidade

Industry (1ª temporada, 2020)

'Industry' é a melhor série que você ainda não assistiu.

Industry - Série da HBO (2020 até o presente) | Roteiro: Mickey Down e Konrad Kay | Direção: Lena Dunham e Tinge Krishnan | Em cena: Gus Sackey (David Johnson) e Robert (Harry Lawtey)

Os produtores do maior canal de TV fechado dos Estados Unidos – HBO – sabe onde pisam, sabe o que querem e quase sempre são visionários, isso fica claro diante de algumas produções que estreiam. Nem sempre eles visam a audiência, o foco das produções é sempre a qualidade, Succession (2018 – presente) é um exemplo. Os índices mostram que a série não possui um grande público, nem mesmo os prêmios da Academia de Artes e Ciências Televisivas de melhor série aumentaram esses indicies, o que quero dizer é, nem todas as séries são para “a massa”, nem todo mundo abraça ideias um pouco mais complicadas e Industry (2020 – presente) é um caso assim, uma trama um tanto mais complicada e que, infelizmente, ainda não foi abraçada por parte do público.


O mundo corporativo é o foco da série, a trama gira em torno de Harper Stern (Myha’la Herrold), uma recém-formada de Nova York que começa como trainee do Pierpoint & Co, banco de investimentos de Londres, países diferentes, trabalhos relativamente diferentes, tudo é novidade para Harper. Da pressão de estar num mundo ao qual ela não pertencia antes à dificuldade de fazer amizades com os outros colegas que participam do programa de trainee do Pierpoint. Apesar das dificuldades ela se aproxima mais de Yasmin (Marisa Abela), Robert (Harry Lawtey) e Gus (David Johnson). Está formada a “quadrilha” da Pierpoint.


O primeiro episódio, dirigido por Lena Dunham – criadora da excelente série Girls– criou toda uma atmosfera tensa, deixando claro logo nos primeiros minutos que o mundo corporativo é selvagem e que os personagens ali, irão passar por situações extremas, que o ser humano não passa de um número e que se ele não trouxer resultados, ele será descartado – claro que, no decorrer dos episódios, especialmente Robert mostra que, pra tudo se dá um jeito e não importa qual é esse jeito, não importa o que você tenha que fazer, se é dando um agradinho aqui, fazendo uma trapaça ali, saindo para jantar, passado a noite, transando com um ou outro, o que é importa é o fim.

Em cena: Harper Stern (Myha´la Harrold) e Greg Grayson (Ben Lloyd-Hughes)