top of page
whatsapp-logo-icone.png

publicidade

LISTA – 5 Melhores Musicais do Século (até agora)

Lista para você se aquecer, o segundo semestre trará pelo menos 10 musicais.

Moulin Rouge - Amor em Vermelho (Baz Luhrmann, 2001) | Em cena: Satine (Nicole Kidman)

Ah os musicais, como eles são lindos. Fazem parte da nossa história, meus olhos ficam ternos em uma série de músicas clássicas Somewhere Over the Rainbonw, Life is a Cabaret entre outras que ecoam na minha mente quando me lembro de alguns dos maiores clássicos que o cinema já fez, afinal de contas, quem nunca quis sair por aí cantando loucamente com coreografias aeróbicas?


O musical é um gênero muito delicado e na grande maioria dos casos é 8 ou 80, ame ou odeie, tudo depende muito da história que as músicas vão contar. Eu mesmo tenho ojeriza de alguns, mas sou loucamente apaixonado por outros, o que quero dizer é: O musical é um gênero que não deixa ninguém no meio termo, é também um gênero que no final dos anos 90 e começo dos anos 2000 era dado como morto, vez ou outra, algum diretor ousava dirigir um. Eu entendo, é um gênero muito mais trabalhoso que qualquer outro e esse é só um dos motivos para eu amar tanto.


O ano de 2021 será um dos grandes, quase uma dezena de musicais estão programados para estrear ainda esse ano, além de Em um Bairro de Nova York, ainda teremos a estreia de Lin-Manuel Miranda na direção com tik, tik ... Boom!, a volta de Leos Carax na abertura do Festival de Cannes com Annette, uma outra versão de Cinderela (Kay Cannon) e a refilmagem de Amor, Sublime Amor, por Steven Spielberg.


A lista a seguir é pra você se inspirar e se preparar pra avalanche de musicais que está por vir, eu só considerei musicais do ano 2000 pra cá, caso contrário a lista seria inteira com os filmes do mestre Bob Fosse Cabaret (1972), All That Jazz (1979) e alguns clássicos como O Mágico de Oz (Victor Fleming, 1939) e Cantando na Chuva (Gene Kelly e Stanley Donen, 1954) – pensando também no leitor, esses são musicais mais ‘acessíveis’, então prepara o gogo, as pernas, porque eles, com certeza, farão você sair cantando e dançando pela sala. Só mais uma coisa, filmes sobre música, não são musicais, então se você não encontrar o filme do seu grupo favorito como Bohemian Rapsody (Bryan Singer e Dexter Fletcher, 2019) — filme sobre a trajetória da banda Queen—, por exemplo, provavelmente é porque ele é um filme sobre música, não um musical.


5. Chicago (Rob Marshall, 2002)