whatsapp-logo-icone.png

publicidade

LISTA: 5 filmes sobre o mundo da Moda

O mundo da moda pode parecer fútil, mas engana-se quem ainda pensa assim e o cinema está aí para desmitificar, de uma vez por todas, essa ideia.

Coco Antes de Chanel (Anne Fontaine, 2009) | Em cena: Coco Chanel (Audrey Tautou)

O cinema é tão maravilhoso, quem acompanha os textos aqui da Dossiê, sabe que sempre começo com essas palavras, “o cinema é tão maravilhoso” porque ele, o cinema, sempre encontra as outras artes e como nenhuma outra, sabe se fundir, fala de tudo um pouco e claro, o mundo da moda sempre foi uma constante nos filmes.


Os estilistas sempre tiveram carreiras dignas de cinema e cá estamos para listar filmes sobre moda, para falar de quando Hollywood encontra Paris, que encontra Milão, que encontra New York – o mundo da moda é um mercado bilionário, dinâmico e eficiente, que está muito longe de ser uma futilidade.


Os filmes da lista não são só sobre moda, mas sobre pessoas importantes nesse meio, estilistas, pessoas que marcaram o mercado e que mudaram o mundo para sempre. Então se junte a nós, separa aquele look glamuroso e sem mais delongas, borá lá.


5. Saint Laurent (Bertrand Bonello, 2014)

Saint Laurent (Bertrand Bonello, 2014) | Em cena: Yves Saint Laurent (Gaspard Ulliel)

Os franceses sempre foram referência, foram eles os pioneiros na criação do cinema e sempre, sempre foram a referência no mundo da moda, é de lá que saíram e continua saindo os maiores estilistas do mundo. Yves Saint Laurent é um deles.

O filme de Bonello mostra a vida de Yves Saint Laurent (Gaspard Ulliel) entre os anos de 1967 e 1976, quando o estilista estava no auge da carreira, retratando ainda algumas paixões da sua vida, como Jacques de Bascher, que mais tarde namorou por quase 20 anos Karl Lagerfeld, e Pierre Bergé, que também era parceiro de negócios do estilista. O filme foi selecionado para o Festival de Cannes de 2014, mas não foi tão bem, no mesmo ano ainda foi lançada uma outra biografia do estilista intitulada Yves Saint Laurent (Jalil Lespert, 2014) que contava um outro período de sua vida.


Onde assistir: GloboPlay


4. O Diabo Veste Prada (David Frankel, 2006)

O Diabo Veste Prada (David Frankel, 2006) | Em cena: Andrea Sachs (Anne Hathaway) e Miranda Priestly (Meryl Streep)

O clássico de qualquer lista de filmes sobre moda e não é para menos, o filme é realmente uma delícia de assistir, depois de anos do lançamento, o filme ainda causou uma controvérsia por conta do “vilão” do filme, que na verdade não é a maravilhosa Miranda Presley (Meryl Streep) e sim Nate (Adrien Grenier).

O mundo da moda aqui é um pano de fundo para mostrar o ser humano como ele é, uma comédia deliciosa, cheia de valores morais que são colocados na tela para que o espectador tire suas próprias conclusões. Meryl Streep que já era maravilhosa, se tornou ícone aqui, junto dela Anne Hathaway, Emily Blunt e claro, Stanley Tucci, brilham.


Onde assistir: O Diabo Veste Prada


3. Coco Antes de Chanel (Anne Fontaine, 2009)

Coco Antes de Chanel (Anne Fontaine, 2009) | Em cena: Coco Chanel (Audrey Tautou)

O nome Coco Chanel remete imediatamente ao que luxo e a moda, certo? Sim, ela foi uma das pioneiras no mundo da moda, cravou seu nome para sempre em nossas mentes e sua marca continua firme e forte ainda hoje, anos depois de sua morte. Naturalmente, só quem constrói um legado na magnitude dela, poderia conseguir esse feito. A França não contente em ser o país pioneiro do cinema, ter os maiores chefs gastronômicos e ter a cidade com maior número de turistas do mundo, ainda tem e sempre teve os maiores estilistas. Chanel continua como um ícone da moda, mesmo muitos anos após a sua morte, já o filme de Fontaine é gostoso de assistir, mas é todo didático, formulaico / alinhado às biografias, não que isso seja ruim, só não é memorável.


Onde assistir: GloboPlay


2. Halston (Daniel Minahan, 2021)

Halston (Daniel Minahan, 2021) | Em cena: Halston (Ewan McGregor), Elsa Peretti (Rebeca Dayan) e Joe Eula (David Pittu)

O prolifero Ryan Murphy – criador da minissérie – lança no mínimo três séries por ano e, nos últimos tempos, ele pegou gosto por histórias reais e personalidades polêmicas, aliás, é dele a minissérie American Crime Story – The Assassination of Gianni Versace (Netflix) sobre o assassinato do também estilista Gianni Versace.

Os dias, as noites, as criações, os acessos de fúrias e as centenas de milhares de cigarros que Halston (Ewan McGregor, vencedor do Emmy no último domingo) fumou, são retratados na minissérie.


O processo criativo, os problemas financeiros, os desenhos que fizeram moda e marcaram época e claro, os muitos amores que passaram na vida de um dos maiores estilistas americanos do século XX.


Onde assistir: Netflix


1. Trama Fantasma (Paul Thomas Anderson, 2017)

Trama Fantasma (Paul Thomas Anderson, 2017) | Em cena: Reynolds Woodcock (Daniel Day-Lewis) e Cyril Wood (Lesley Manville)

O genial diretor Paul Thomas Anderson é um dos nomes mais importantes do cinema mundial, a cada trabalho novo, os cinéfilos e críticos começam a roer as unhas, tamanha é ansiedade.


O seu último trabalho – seu próximo filme é para o fim de 2021 – Trama Fantasma se passa nos anos 50, ao redor de Reynolds Woodcock (Daniel Day-Lewis), um renomado estilista que trabalha para a alta sociedade britânica, ao seu lado, está Cyril (Lesley Manville). A inspiração do estilista são as muitas mulheres que entram e saem de sua vida e do seu ateliê.

O filme tem figurinos deslumbrantes, dignos de um estilista da mais alta costura, não por menos, venceu o Oscar de melhor figurino em 2017 e se tratando de um filme de quem é, não poderíamos esperar menos. Um trabalho sombrio e estonteante.


Onde assistir: YouTube


BÔNUS – Direito de Amar (Tom Ford, 2009)

Direito de Amar (Tom Ford, 2009) | Em cena: George (Colin Firth) e Charlotte (Julianne Moore)

Esse filme não é sobre moda, mas esse filme é pura moda, a começar pelo diretor. O filme de estreia do renomado estilista Tom Ford deu o que falar.


Selecionado para o Festival de Veneza, a obra, com inspiração no clássico de Christopher Isherwood, ganhou o prêmio de melhor ator (Colin Firth, na melhor atuação de sua carreira) no festival e ainda conquistou a mesma indicação ao Oscar.


O filme de Ford chamou atenção por conta do seu lindíssimo visual, fotografia que mudava de tonalidade de acordo com os sentimentos dos personagens e claro, figurinos – que não foram assinados pelo estilista – de deixar qualquer um deslumbrado


Onde assistir: Claro Now