whatsapp-logo-icone.png

publicidade

LISTA: 5 filmes sobre manifestações populares

A população nas ruas, os direitos, manifestações, insatisfações e os gritos por liberdade.

Selma: Uma Luta pela Igualdade (Ava DuVernay, 2014) | Em cena: Martin Luther King (David Oyelowo)

O cinema mais do que tudo, tem o intuito de contar uma história, seja ela tirada da literatura, ou a biografia de uma pessoa ou até um momento, um marco da nossa história, uma revolução, um protesto, uma manifestação... na última terça-feira o país foi chacoalhado por manifestações populares, tanto de direita quanto de esquerda, os motivos são protestos políticos, tanto contra quanto a favor do governo – ou seria desgoverno? – pensando nisso, juntamos essa pequena lista de filmes que fala de momentos históricos, pessoas e manifestações que entraram para a história.

5. No (Pablo Larraín, 2012)

No (Pablo Larraín, 2012) | Em cena: René Saavedra (Gael Garcia)

O tom documental é perfeito para contar a história de um período conturbado do Chile, semelhante àquela palhaçada do voto impresso no Brasil, porém, o filme tem um tom meio frio, também, por conta do tom documental.


É um filme que conta a história do poder da propaganda quando falamos de política, da influência dela no processo democrático, no caso do Chile, no processo de redemocratização, já que a obra de passa durante o poder do ditador Pinochet.


Onde assistir: Telecine Play


4. Os Sonhadores (Bernardo Bertolucci, 2003)

Os Sonhadores (Bernardo Bertolucci, 2003) | Em cena: Matthew (Michael Pitt), Isabelle (Eva Green) e Theo (Louis Garrel)

O filme se passa durante o polêmico maio de 1968, quando a França passava por um período turbulento. Lá, o estudante americano Matthew (Michael Pitt) se encontra com dois irmãos franceses Theo (Louis Garrel) e Isabelle (Eva Green).


Eles ficam isolados por muito tempo dentro de um apartamento, fumando, conversando e trepando muito, só que lá fora, uma revolução está para acontecer, uma homenagem à história do cinema em várias citações – dos filmes mudos à Nouvelle Vague – e homenagem aos heroicos tempos da revolução estudantil e da militância dos anos 1960.


Onde assistir:


3. Selma: Uma Luta Pela Igualdade (Ava DuVernay, 2014)

Selma: Uma Luta pela Igualdade (Ava DuVernay, 2014) | Em cena: Reverendos Hosea Williams (Wendell Pierce), Martin Luther King (David Oyelowo) e Ralph Albernathy (Colman Domingo)

O mundo todo sabe quem foi Martin Luther King – se não sabe, faça o favor de ir procurar —, para garantir os direitos de voto dos afrodescendentes ele liderou uma campanha que culminou na marcha épica, de Selma a Montgomery – Alabama, que estimulou a opinião pública americana e convenceu o presidente Johnson a implementar a Lei dos Direitos de Voto em 1965.


Essa a história de Selma, um dos maiores e mais importantes acontecimentos da história dos Estados Unidos.


Onde assistir: Prime Video


2. Clash (Mohamed Diab, 2016)

Clash (Mohamed Diab, 2016) | Em cena:

O filme ocorre durante os eventos políticos de junho de 2013, no Egito e se passa inteiramente dentro de um camburão policial, no meio de uma confusão.


No meio do protesto os personagens se refugiam dentro do camburão, lá se encontram pessoas de diferentes ideologias políticas, como Irmandade Muçulmana e apoiadores pró-exército, além de outras pessoas sem nenhuma ligação com essas facções.


É uma daquelas obras agonizantes, claustrofóbicas e muito bem dirigido.


Onde assistir: Globo Play

1. Milk – A Voz da Igualdade (Gus Van Sant, 2008)

Milk – A Voz da Igualdade (Gus Van Sant, 2008) | Em cena: Harvey Milk (Sean Penn)

O primeiro homossexual assumido que assumiu um cargo público nos Estados Unidos, foi Harvey Milk (Sean Penn).


Para isso ele percorreu uma longa caminhada até lá, protestou e marcou presença manifestações em prol da diversidade e afins, ele acabou morto aos 48 anos por um rival político derrotado nas urnas.


Seu engajamento e a tragédia recorrente fizeram dele um herói do movimento LGBTQIA+.


Onde assistir: Star +

PS.: não inclui nenhum filme brasileiro porque eles estarão no especial dos melhores filmes nacionais de todos os tempos que começa amanhã aqui no site, fique de olho.

publicidade